sábado, 24 de novembro de 2012

CD AMADO BATISTA GOSPEL ? SAI FORA É FURADA DAS BRAVAS VEJA AS INFORMAÇOES A BAIXO E FIQUE FORA DESSA MENTIRA

O BLOG MUNDO LIVE NEWS FOI ATRAZ DO o suposto CD Gospel do Amado Batista que estava sendo vendido em algumas partes do Brasil !
Só que na verdade as músicas eram do cantor gospel Amaro Batista Conversei diretamente com o Amaro Batista que negou ao menos saber da existência do "Plagio" Agora pela tarde o blog "ABES" publicou uma outra capa que também seria de um CD gospel do Amado Batista,e dessa vez nem ao menos a voz é parecida com o do Amado Batista A capa para quem conhece e a foto do livro Amado Batista O contador de Historia, e o CD coletania essencial ! alem de ser muito mal feita a capa tem um erro grosseiro! EU OUVI O CD E SÓ POR ISSO RESOLVI PESQUISAR NA INTERNET DAI ACHEI INFORMAÇOES NO BLOG http://www.amadobatista.net REALMENTE COMO O SITE AMADO BATISTA .NET DIZ O CANTOR AMADO BATISTA TEM A VOZ PARECIDA COM A DO CANTOR GOSPEL AMARO BATISTA VEJA AS MODIFICAÇOES QUE O CANTOR AMARO FEZ NA MUSICA DE AMADO BATISTA AONDE ESTA VOÇE AGORA VEJA O VIDEO COM A CANÇÃO DO PROPIO CANTOR AMADO BATISTA SEGUNDO INFORMAÇOES NA NET ESSE CD JÁ ALCANÇOU A MARCA DE MAIS DE MILHOES DE COPIAS CLARO QUE PIRATA PIRATARIA É CRIME PLAGIO TAMBEM DENUCIE ESTE CD AS AUTORIDADES E ASSIM VAMOS FAZER A NOSSA PARTE COMO CIDADÃO DE BEM FONTE :MUNDO LIVE NEWS E http://www.amadobatista.net E YOUTUBY DEIXE SEU COMENTRIO NO FACEBOOK @MUNDOLIVENEWS E NO TWINTER OU ORKUT MUNDOLIVENEWS@HOTMAIL.COM

domingo, 18 de novembro de 2012

TELEFONIA MOVEL MODERNA 2012

Apple planeja produzir lote experimental do iPhone 5S em dezembro Relatório de jornal chinês revela que a Maçã estaria acelerando processo de certificação de peças e componentes que fariam parte da próxima geração do smartphone.
(Fonte da imagem: Divulgação/Apple) O iPhone 5 foi lançado há exato um mês (clique aqui para saber mais detalhes) e já surgem os primeiros boatos de que a Apple estaria planejando o início da produção de um lote de teste da próxima geração do seu smartphone — que seria o iPhone 5S. Segundo o site DigiTimes, um relatório da Commercial Times da China revelou que a Maçã pretende produzir em dezembro deste ano de 50 mil a 100 mil unidades do que seria o sucessor do celular recentemente lançado. O início da produção em massa e comercial estaria previsto para o primeiro trimestre de 2013. Para tanto, a Apple estaria acelerando os processos de certificação de peças e componentes presentes no suposto iPhone 5S. O documento ainda menciona o possível lançamento de uma nova edição do iPad para um trimestre após a revelação da nova geração do smartphone, pois a resolução de tela da versão do tablet teria ficado abaixo da expectativa da empresa. Foxconn revela que iPhone 5 é o dispositivo mais complicado que a empresa já produziu A principal culpada é a carcaça de metal, que é muito suscetível a riscos. A enorme procura pelo novo iPhone 5 tem feito com que muitas lojas acabem ficando sem o aparelho nos estoques, e a culpa disso é da Apple, segundo a Foxconn. De acordo com a empresa que monta os smartphones, esse é o dispositivo mais difícil que já foi produzido por eles. Mesmo agora, que o processo de fabricação já começou faz um bom tempo, ainda existem operários da fábrica aprendendo os passos da montagem. Tudo para garantir que os altíssimos padrões de qualidade fixados pela Apple sejam atingidos. Uma fonte anônima da Foxconn revelou que o iPhone 5 utiliza um novo revestimento feito de um material muito suscetível a riscos na carcaça de alumínio, o que complica ainda mais a situação. Segundo o funcionário da Foxconn, “é muito difícil satisfazer as necessidades práticas e estéticas ao mesmo tempo”. Durante a semana passada houve um conflito interno dentro da fábrica, envolvendo operários da linha de montagem e inspetores de qualidade. Um dos motivos da confusão foi justamente a carcaça de metal do novo iPhone. No último dia 16, a Foxconn já tinha voltado às notícias por conta de acusações de que crianças estariam trabalhando nas linhas de produção das fábricas da empresa. Fonte: The Wall Street Journal VEJA O COMERCIAL NO VIDEO

FONTE:MUNDO LIVE NEWS NOTICIAS E TECNO MUNDO YOUTUBY

Tecnologia e Games

Nintendo inaugura nova geração de videogames com o Wii U Novo console começa a ser vendido neste domingo (18) nos EUA. Videogame usa controle-tablet para criar novas interações com os jogos. O Wii U e o GamePad, seu controle, começam a ser vendidos neste domingo (18) (Foto: Divulgação) Uma nova geração de consoles de videogame começa neste domingo (18) com o início das vendas nos Estados Unidos do Wii U, o novo videogame da Nintendo. O sucessor do Wii chega ao continente europeu no dia 30 de novembro e no Japão em 8 de dezembro. No Brasil, o videogame será lançado apenas em 2013, segundo a Nintendo. “Temos uma grande oportunidade em inaugurar uma nova geração. Os jogadores estão famintos por nova tecnologia e novas franquias de jogos. O Wii U traz a inovação que eles desejam com novas experiências de jogo”, afirmou ao G1 Scott Moffitt, vice-presidente de marketing da Nintendo of America, durante evento que anunciou o preço do console em setembro. A nova geração que a Nintendo inaugura receberá os novos PlayStation e Xbox, que devem ser anunciados na metade de 2013 e chegar às lojas até o final de 2014.
Imagem mostra como são jogados os games multijogador no Wii U: quatro gamers usam o Wii Remote e um, com visão privilegiada da ação, usa o GamePad (Foto: Divulgação) O Wii U chega em duas versões: a básica, vendida por US$ 300, que tem cor branca, 8 GB de memória, controle Gamepad (que imita um tablet), cabo HDMI e sensor bar; e a Deluxe, que se diferencia do outro por sua cor preta e 32 GB de espaço de armazenamento. Os concorrentes PS3 e X360 são vendidos a US$ 200, mas a Nintendo acredita que não terá problemas. “Nossos dois pacotes têm grande valor ao consumidor. Quando você vê que um videogame sai da caixa com a quantidade de avanços tecnológicos que temos no Wii U, sabe que vale a compra. Temos gráficos em alta definição, a aplicação Nintendo TVii, conversa por meio de vídeo, loja virtual, navegador... Isso é muito valioso para os consumidores. Ainda temos muitos jogos no lançamento até o final do ano”, diz o executivo. O sucessor do Wii, videogame lançado em 2006 e que fez sucesso por apresentar controles sensíveis a movimentos por meio do controle Wii Remote, vendendo 91 milhões de unidades desde sua estreia, mantém o recurso que atraiu uma massa de jogadores casuais, responsável pelo incrível sucesso do console. Mas a Nintendo aposta no controle GamePad, que imita um tablet para criar uma segunda tela para o videogame e, desse modo, criar novas possibilidades de interagir com os games, além de permitir jogar os títulos na tela de 7 polegadas sensível ao toque do controle. Uma dessas novas possibilidades se chama esquema de jogo assimétrico: nos jogos de "Nintendo Land", título que acompanha a versão Deluxe, quatro jogadores podem usar os Wii Remotes para controlar personagens que devem fugir do jogador que está com o GamePad e que deve pegá-los. Na tela do controle-tablet ele tem uma visão privilegiada da fase e de seus amigos. Estes, por outro lado, enxergam a ação na tela da TV, dividida em quatro partes como acontece desde os tempos do console Nintendo 64. "Conseguimos criar um estilo de se jogar videogame que não era possível anteriormente sem o GamePad", afirma ao G1 Katsuya Eguchi, um dos principais desenvolvedores da Nintendo, que trabalhou como produtor de hardware do Wii U. "No Wii, foi fácil entender a novidade, que foi o controle sensível a movimentos. Agora, temos uma segunda tela que exige que nós criemos novas estruturas para os games. Para entender o que é jogar games no Wii U, só jogando o Wii U". Eguchi, que tem games como "Animal Crossing", "Star Fox", "Wii Sports", entre muitos outros no currículo, falou ao G1 durante a feira E3, em Los Angeles (EUA), realizada em junho.
'New Super Mario Bros. U' é um dos games de lançamento do Wii U e que fazem uso da tecnologia do novo controle (Foto: Divulgação) Há também um controle tradicional, para os jogos multiplataforma. O Wii U Pro controller é parecido com o joystick do Xbox 360, com duas alavancas analógicas, essenciais para jogos de tiro em primeira pessoa. Aliás, o Wii U tem "Call of Duty: Black Ops II" como título de lançamento. Pela primeira vez, a Nintendo lança um console com capacidade de gerar imagens em alta definição, algo que prejudicou o Wii já que tanto o Xbox 360 e o PlayStation 3 conseguem gerar gráficos com 1080p de resolução. A fabricante afirma que o Wii U é 20 vezes mais poderoso do seu antecessor. Seus discos tem um formato próprio (o X360 usa DVDs e o PS3 usa Blu-Ray) com capacidade de armazenamento de até 50 GB. Entretanto, por conta de os novos PlayStation e Xbox apresentarem gráficos ainda melhores do que os vistos atualmente, o Wii U corre o risco de ter games com visual datado logo nos primeiros anos de vida. Embora a Nintendo tente recuperar a fatia de jogadores “hardcore”, aqueles que investem nos consoles e jogos, que perdeu com o Wii, aparelho focado nos gamers casuais, a empresa acredita que os novos títulos agradarão os dois nichos. “Na nossa linha inicial de jogos, todos são muito simples de se jogar, basta pegar o controle em mãos. ‘Nintendo Land’ tem jogos para família e crianças, mas muitos adultos jogarão. O mesmo vale para ‘New Super Mario Bros. U’. Mas temos também jogos para os hardcore como ‘Call of Duty: Black Ops II’ e ‘ZombieU’. Destaco, também, que os fãs dos games casuais do Wii, como ‘Wii Sports’, poderão jogar os games normalmente, por meio da retrocompatibilidade do novo console com o Wii". Controle-tablet O GamePad não traz apenas novos meios de se interagir com os games, permitindo ao jogador acessar menus de itens, por exemplo, sem precisar sair do jogo. Um dos destaques do acessório é permitir que a TV fique liberada para que pais possam assitir a filmes e novelas, por exemplo, já que é possível transferir a imagem do game para a tela do controle.Até hoje nos jogos para diversos jogadores, eles eram obrigados a dividir a tela, o que impedia de um deles guardar segredo do outro. Com o GamePad, podemos fazer com que isso seja possível", explica Eguchi. "E um dos games que ensina aos novos jogadores como usar esta nova tecnologia é 'Nintendo Land', que usa o GamePad de diversos modos diferentes". Controlar a TV e os aparelhos de Blu-ray, DVD e home theather é outra função do GamePad. Ele tem função de controle universal e pode controlar todos estes dispositivos. A tela sensível ao toque também serve como atalho em games de RPG, por exemplo, permitindo acessar menus sem parar o game. E, claro, todos os games da Nintendo lançados para o Wii U fazem bom uso do recurso. Scott Moffitt afirma que o console não concorre com o mercado de tablets, mas que o Wii U usou os aparelhos e a tendência da segunda tela como inspiração. “Vejo o GamePad como uma evolução das próprias invenções da Nintendo. Criamos o Nintendo DS, que foi o primeiro videogame portátil a ter uma segunda tela com sensibilidade ao toque. O Wii U se inspirou mais neste aparelho do que nos tablets”. Sempre conectado Com o Wii U, a Nintendo avança – embora tardiamente – nos games on-line. Primeiro, eliminou a necessidade dos Friend Codes, códigos númericos que eram trocados entre os amigos para poder trocar mensagens on-line. Agora, cada usuário do console do Wii U tem uma conta e é mais fácil adicionar novos usuários. O Wii U utiliza o "Nintendo Network ID", que, segundo a empresa, permite uma criação mais simples de um círculo de amigos. Será possível ver o que os amigos estão jogando, enviar mensagens e desenhos e até mesmo conversar por meio de vídeo. Ao ligar o aparelho, o jogador vai para o WaraWara Plaza, uma área que une Miis de diversos jogadores do mundo. Neste local, será possível visualizar comentários dos jogadores sobre o game, ver quais são os títulos mais jogados e notícias da Nintendo. Até 12 contas de usuário que usam os Miis, os avatares da Nintendo, podem ser criadas. Os jogos comprados digitalmente poderão ser jogados por todos os usuários do Wii U registrados no console, inclusive para conteúdos extras dos títulos (DLCs). Fonte:G1.COM