terça-feira, 16 de julho de 2013

Saritur Ribeirão das neves ,Transimão não irá mais atender os usuários do transporte coletivo em Ribeirão das Neves Empresa tem longo histórico de reclamações e denúncias; Saritur assume a função

seja bem vida Saritur ribeirão das neves te recebe de braços abertos ,Deus ouviu o clamor do povo nevence
PUBLICADO EM 16/07/13 - 16h38 JULIANA BAETA Após uma série de protestos e denúncias envolvendo a empresa de transporte coletivo Transimão, que operava em Ribeirão das Neves e Esmeraldas, na região metropolitana de Belo Horizonte, a empresa informou oficialmente nesta terça-feira (16) que não atenderá mais os passageiros de Ribeirão das Neves. O legado passa a ser da empresa Saritur, atualmente, responsável pelo transporte urbano e/ou rodoviário de 98 cidades mineiras, entre elas, a capital. Em junho, manifestantes fecharam a BR-040 diversas vezes para protestar em prol de melhorias no transporte coletivo da cidade. Em um dos protestos, os funcionários e ônibus da empresa foram impedidos de sair da garagem. Em outro, um ônibus foi incendiado, o prédio da Câmara Municipal foi depredado e dois policiais militares foram baleados. No final de junho, o governo do Estado chegou a anunciar um pacote de melhorias para o transporte público da cidade. Entre as medidas, estavam a manutenção adequada da frota em um prazo de até dez dias, adequação da frota de acordo com as demandas dos passageiros em um prazo de 60 dias e o cumprimento de horário e imediato com previsão de início imediata. No mesmo período, a linha passou a ser investigada pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) após denúncia do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) sobre as irregularidades da empresa. Um dos indícios dessas irregularidades, é o fato de a Transsimão ter recebido, apenas em junho, 360 multas por problemas como o não cumprimento do quadro de horários, ônibus com falhas mecânicas e motoristas que não concluíam o itinerário. Já em julho, no início do mês, a Transsimão passou a perder a exclusividade do atendimento aos moradores da cidade, quando parou de operar duas das linhas do transporte coletivo. A medida foi consequência da intervenção ordenada pelo DER-MG, e as linhas 6350 e 6420, que atendem, respectivamente, aos bairros Liberdade e Vereda, passaram a ser operadas pela Saritur. A partir desta terça-feira, a empresa foi oficialmente e completamente excluída de continuar executando os serviços na cidade. A assessoria da empresa Transsimão ainda não informou o que motivou a suspensão da concessão que, segundo contrato, venceria em 2023, com direito a prorrogação de mais 15 anos. fonte de reportagem :Jornal o Tempo

Postar um comentário