quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Paracetamol pode ter causado a morte de 1.500 pessoas no Brasil

Venda do medicamento cresceu 80% Um dos remédios mais populares no Brasil, o paracetamol, pode ser a causa da morte de mais de 1.500 pessoas no país. De acordo com uma pesquisa realizada pela ONG de jornalistas, "Pro Publica", o medicamento seria a causa de vários problemas de fígado. Em si, suas substâncias não causariam nenhum mal, mas, com a superdosagem, ele afeta gravemente o fígado, nos últimos dez anos. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), entretanto, a recomendação é que o analgésico não seja ingerido mais que 4g por dia, o equivalente a uma média de seis comprimentos. Na bula, a recomendação está inscrita, porém as conseqüências da superdosagem não são reveladas. Para a agência reguladora de medicamentos dos Estados Unidos, a Administração de Comidas e Remédios dos Estados Unidos (FDA), a prescrição de 4g está acima do ideal, que deveria ser de até 325 miligramas (mg). A nova indicação deverá entrar em vigor já no próximo ano, em 2014. Portal Correio fonte:blog cariri

Postar um comentário