sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Após comentário em Facebook, aluna tem rosto retalhado por colega em escola no RJ Vítima teve cortes no rosto, cabeça e tórax; agressora vai responder por lesão corporal grave

Uma jovem, de 17 anos, agrediu uma colega de classe, de 15 anos, com uma gilete dentro de uma escola, em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense. O motivo da agressão teria sido um comentário no Facebook. A vítima levou cortes profundos no rosto, cabeça e tórax. Ela foi levada para o hospital da cidade e para o IML/Campos, onde foi constatada a lesão grave. Adélio Arruda, pai da jovem agredida, se diz revoltado com a situação. — Como um pai, jamais imaginaria que minha filha passaria por uma coisa dessas. Ela foi para matar a minha filha Foto: Reprodução Rede Record O crime aconteceu no Colégio Estadual José do Patrocínio. De acordo com a Secretaria de Estado de Educação, um professor e um funcionário ajudaram a separar a briga. Mas, de acordo com o pai da vítima, uma colega de classe que impediu que algo pior acontecesse Arruda, que também é policial militar, diz que vai atrás de justiça, já que para ele, a agressora queria matar sua filha. — Eu quero reverter essa situação de lesão corporal grave para tentativa de homicídio através do promotor da infância e da juventude. Eu vou provar levando as fotos e mostrando os fatos e testemunhas se for necessário, para que seja provado que a intenção dela não era machucar e sim matar a minha filha PARA MAIS IMAGENS ENTRE NO LINK http://r7.com/NRdY FONTE:R7.COM

Postar um comentário