sábado, 23 de novembro de 2013

As novas armas da espionagem mundial Conheça os métodos usados para espionagem atualmente

Após o escândalo e descoberta da espionagem que os Estados Unidos praticam em vários países - inclusive no Brasil -, o tema ficou em destaque. As técnicas de espionagem utilizadas atualmente são bem diferentes e mais modernas do que na época de 007, apesar da maioria ainda ser bem obscuro. O fato é que a espionagem é algo muito antigo e sempre despertou curiosidade nas pessoas. Conheça algumas das novas armas da espionagem mundial. Espionagem na internet A espionagem na internet, também conhecida como cyber espionagem, é o ato de obter informações sem o conhecimento da outra pessoa ou empresa. Sem dúvida, a internet trouxe diversas inovações e benefícios ao mundo, e a espionagem também foi beneficiada por ela. Governos usam o poder da internet para espionar inimigos políticos e econômicos ou para ter vantagem militar. Para isso, é possível se utilizar de softwares maliciosos e acessar um computador do mais remoto país com relativa facilidade. Esse tipo de espionagem envolve até a análise da atividade em redes sociais como Twitter e Facebook. Programa de vigilância Prism O programa de vigilância de alta tecnologia Prism é um dos utilizados pelos Estados Unidos para monitorar atividades de diversos países. A empresa NSA, denunciada como a principal de ações de espionagem do país, tinha acesso aos servidores de nove diferentes empresas, incluindo atividades no Google, Microsoft, transferências de arquivos, chats, chamadas de voz, e-mail e outras comunicações online. Cabos de fibra ótica Foi descoberto que o serviço de inteligência britânica se utilizada de cabos de fibra ótica para espionar e compartilhar as informações obtidas com a NSA. Por meio deles, é possível copiar dados enviados e ligações telefônicas através dos cabos submarinos que ligam os principais países de interesse. A Agência Federal, entretanto, se defende afirmando que só é possível visualizar quem envia e recebe as informações, sem maiores detalhes. As novas armas da espionagem mundial Conheça os métodos usados para espionagem atualmente Escutas telefônica Um dos métodos mais famosos de espionagem, a escuta em telefone é muito utilizada até hoje. A escuta telefônica se dá por meio do grampo e acredita-se que já existe há décadas para obter informações de países inimigos (e até de países amigos). Estima-se que 80 cidades pelo mundo sofrem esse tipo de espionagem. As conversas seriam enviadas por meio de sinais de rádio até os equipamentos de coleta para posterior análise. Espionagem dirigida Uma das principais novidades da espionagem é a técnica dirigida. Ela consiste em realizar operações de escuta em edifícios específicos, como foi o caso de computadores da União Europeia e o escritório da ONU. Os documentos foram revelados pela Snowden, que mostrou que os Estados Unidos tinha acesso a edifícios específicos que fossem de seu interesse. Informações por meio de terceiros Apesar de não ser um método tecnológico propriamente dito, a espionagem também é comumente feita por meio de informações passadas por terceiros. Essas pessoas podem ser ex-funcionários (ou até mesmo atuais) que passam informações após chantagem ou por interesse próprio. Esses agentes infiltrados podem passar importantes informações e interceptar comunicações em e-mail, fax ou telefone. Outras possibilidades Muitos dos métodos atuais de espionagem não são conhecidos. Mas acredita-se que sua modernização tenha se dado por técnicos que encontraram falhas em softwares criptografados, até então tidos como extremamente seguros. Ao encontrar falhas, o acesso às informações transmitidas e recebidas se torna muito mais simplificado. Também há a teoria que ainda não foi confirmada de que a NSA teria desenvolvido um computador quântico. A sua característica principal seria a possibilidade de um número quase que infinito de operações matemáticas, tornando possível decodificar qualquer aparelho ou país com as informações coletadas fonte:yahoo.com.br

Postar um comentário