terça-feira, 26 de novembro de 2013

Mãe confessa que doou bebê supostamente em belo horizonte-mg

Casal veio buscar o bebê na rodoviária de Belo Horizonte, após combinar negócio pela internet, por meio do site "Doe seu bebê"
na imagem ela nem chorar direito ela consegue
A criança de 2 meses foi entregue pela mãe a um casal do Rio de Janeiro PUBLICADO EM 25/11/13 - 17h15 JULIANA BAETA LARISSA ARANTES O bebê que teria sido roubado no último sábado (23) no centro de Belo Horizonte foi encontrado nesta segunda-feira (25), no Rio de Janeiro. A informação foi divulgada na tarde dessa segunda-feira (25) pela Polícia Civil em uma coletiva de imprensa. De acordo com as investigações, a criança foi encontrada com um casal de adolescentes. Durante a coletiva, a polícia informou que Renata Soares da Costa, 19, mãe do bebê, confessou que deu a criança por livre e espontânea vontade ao casal do Rio de Janeiro. Eles vieram buscar o menino na rodoviária de Belo Horizonte, após combinarem o negócio pela internet, por meio do site "Doe seu bebê". Segundo a adolescente que ficou com a criança, Renata agiu sem o conhecimento de seu companheiro. Ela não queria a criança e não cobrou nenhum pagamento por ela. Apesar de confessar o crime, Renata não informou por qual motivo teria feito isso. A adolescente que estava com a criança no Rio de Janeiro disse que procurou por um bebê para adotar após ter perdido o filho. O pai da criança, Johney Lima Santos Nulhia, 24, ficou atordoado com a revelação da mulher. Ele disse que nunca imaginaria algo assim, mas afirmou estar feliz por ter encontrado o bebê. Entenda o caso No sábado, Renata contou que estava na avenida Oiapoque, no centro de Belo Horizonte, quando foi abordada embaixo do viaduto por dois homens e uma mulher. Eles teriam descido armados de um carro preto e exigido que ela entregasse o filho. Na versão de Renata, dois dos suspeitos falavam um idioma que ela não compreendia e tinham aparência oriental, enquanto outro, negro, disse que eles queriam apenas ficar com o bebê. O trio teria fugido rapidamente, em um veículo que ela não soube identificar modelo ou marca, levando ainda a bolsa da mulher, com fraldas e a mamadeira da criança. Ainda segundo a mulher, ela ficou muito nervosa e disse que ninguém passava pelo local no momento. Sem telefone celular, ela correu até uma banca de jornal, onde comprou um cartão para avisar ao namorado e pai da criança, Johney, e à PM, que registrou a ocorrência na Central de Flagrantes (Ceflan), no bairro Floresta. Imagens A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) disponibilizou imagens de câmeras instaladas em duas estações do metrô, para ajudar na identificação do casal suspeito de roubar o bebê. De acordo com a PM, foram disponibilizadas imagens das estações Eldorado e Lagoinha, pontos de partida e chegada da mãe da criança. As cenas correspondem à movimentação das estações, já que dentro dos vagões não há circuito interno de câmeras. O conteúdo das imagens, no entanto, não foi informado. fonte:o tempo online

Postar um comentário