sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

MAIS DE 1 MILHÃO: Conflito sírio provoca recorde de deslocamento, diz relatório da ONU Agência da ONU divulgou dados referentes ao 1° semestre de 2013. Cerca de 1 milhão de pessoas deixaram a Síria em seis meses.

FONTE:IMAGEM Um relatório divulgado nesta quinta-feira (19) pelo Acnur, Alto Comissariado da ONU para Refugiados, mostra que o conflito na Síria foi o evento que mais produziu novos deslocamentos no primeiro semestre de 2013. O estudo, intitulado “Mid-Year Trends 2013”, informa que deslocamento forçado neste primeiros seis meses será um dos maiores da história, devido ao excepcional aumento de refugiados e deslocados internos causados por conflitos e perseguições. Até o mês de junho, 5,9 milhões de pessoas foram forçadas a abandonar suas casas - 77% do total de 7,6 milhões em todo o ano de 2012. - Os conflitos na Síria, na República Centro-Africana e na República do Mali forçaram mais de 1,5 milhão de pessoas se refugiarem em países vizinhos, segundo o Acnur. Só a Síria concentra mais de dois terços deste número, cerca de 1 milhão de pessoas refugiadas registradas nesses seis meses. O deslocamento de pessoas na Síria é reflexo da guerra civil presente no país. Entre janeiro e junho, segundo o relatório, a Síria foi responsável por 8 de 10 pessoas que se deslocaram no mundo. Além da população local, milhares de iraquiaos que viviam no país também se deslocaram po conta da violência. O Paquistão ainda segue como o país com a maior população de refugiados, com cerca de 1,6 milhão de pessoas, mas a Síria passou a ocupar o segundo lugar, segundo o documento. Em 2012, eram cerca 729 mil refugiados sírios e em apenas seis meses, mais de 1 milhão. O estudo também mostra que o aumento no número de novos refugiados no mundo já ultrapassou todo o ano de 2012. Até junho, 1,5 milhões de pessoas se refugiaram. No ano de 2012 todo, foi registrado 1,1 milhão. Já em relação aos deslocamentos internos forçados, os primeiros seis meses de 2013 mostram um número alto em relação ao ano inteiro de 2012: 4 milhões de pessoas no primeiro semestre de 2013 contra 6,5 milhões em todo de 2012. Além disso, o Acnur relata que há mais de 450 mil solicitações de refúgio pendentes de análise em todo o mundo. O conflito na Síria destacado pelo alto nível de deslocamento já deixou 115 mil mortos e começou quando manifestantes contrários ao regime do presidente Bashar al-Assad foram para as ruas protestar e sofreram forte repressão do governo. Nesses três anos, a oposição se fragmentou e militantes islâmicos se infiltraram na luta contra o regime. A ONU deve hospedar uma conferência para tentar uma solução pacífica para a crise em 22 de janeiro, em Genebra. -
FONTE:G1.COM

Postar um comentário