segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

PRISÃO:Mais de 5 mil detentos de Minas Gerais vão fazer prova do Enem

Do total, 4.602 tentarão obter a certificação do ensino médio e o restante deseja ingressar no ensino superior. Minas está em segundo lugar no número de inscritos no país, atrás apenas de São Paulo O Exame Nacional do Ensino Médio para pessoas privadas de liberdade (ENEM PPL) registrou, neste ano, um aumento de de 67,67% no número de inscritos em relação ao exame do ano passado. Nesta terça e quarta-feira, 5.265 candidatos de 138 unidades prisionais fazem a prova. Desse total, 4.602 tentarão obter a certificação do ensino médio e o restante deseja ingressar no ensino superior. Segundo o superintendente de Atendimento ao Preso da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), o aumento dos inscritos significa uma busca cada vez maior pelo acesso ao ensino e os gestores da área prisional estão incentivando a reinserção social dos presos ao terminarem o cumprimento das penas. A avaliação do ENEM PPL possui o mesmo nível de dificuldade que a do ENEM Regular. Além dos detentos, também vão prestar o exame 167 jovens que cumprem medida nos centros socioeducativos do estado. No primeiro dia de provas, os candidatos serão avaliados em História, Geografia, Filosofia, Sociologia, Química, Física e Biologia. No segundo dia, serão cobrados conteúdos das disciplinas de Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira, Artes, Educação Física, Tecnologias da Informação e Comunicação, Matemática e Redação. Os resultados estão previstos para janeiro de 2014. Avanço De acordo com a Seds, uma novidade da 4ª edição do Enem para pessoas privadas de liberdade é a participação, pela primeira vez, das Associações de Proteção e Assistência aos Condenados (APACs), que totalizam 25 das 138 unidades participantes no exame. As duas unidades prisionais com o maior número de inscritos são a Penitenciária José Maria Alckmin, com 431 inscritos, e o Presídio Inspetor José Martinho Drummond, com 237, ambas em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Em terceiro lugar está a Penitenciária de Três Corações, no Sul de Minas, com 220 presos inscritos. Minas Gerais está em segundo lugar no número de inscritos no país, atrás apenas de São Paulo, que tem 9.686 candidatos. FONTE;EM.COM.BR

Postar um comentário