sábado, 14 de dezembro de 2013

REGINALDO ROSSI:Após sessões de hemodiálise, Reginaldo Rossi agora precisa de doações de sangue

Por conta da hemodiálise a que está sendo submetido, Reginaldo Rossi, diagnosticado com câncer de pulmão nesta semana, está precisando de doações de sangue. A medida se faz necessária porque o cantor precisou receber plasma, um hemocomponente. "É um procedimento hospitalar solicitar às famílias de pacientes internados na UTI doações de sangue para o caso de alguma urgência. No caso específico de Rossi, além da hemodiálise, ele está passando por quimioterapia, por isso o sangue é necessário. Além do mais, ele pode voltar a precisar de plasma", explicou o médico Jorge Pinho, que está acompanhando o cantor. Mediante a orientação, a família do artista se mobilizou e está realizando uma corrente para que este material seja coletado. Os doadores interessados em ajudar o artista devem procurar o banco de sangue Hemato, localizado na Avenida Lins Petit, número 264, na Ilha do Leite, área central do Recife, e informar que desejam fazer a doação ao cantor. Na manhã desta sexta-feira (13), o senador Jarbas Vasconcelos fez uma visita ao Rei do Brega no hospital. Confiante na recuperação do cantor, na última quinta-feira o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, também foi ao Memorial São José acompanhado do secretário de Saúde do Estado, Antônio Figueira, e se colocou à disposição da família do músico. A cantora e amiga Ivete Sangalo deve vir ao Recife na madrugada deste sábado (14), exclusivamente para visitar o artista. Recifense de 69 anos, Reginaldo Rodrigues dos Santos é famoso em todo o Brasil por suas músicas românticas e paixão pelo brega. O artista compôs sucessos como A raposa e as uvas, Em plena lua de mel, Recife minha cidade, Garçom, Leviana, Desterro, O Pão e Tô doidão. As últimas apresentações do Rei na capital pernambucana foram nos dias 21 e 22 de novembro, no Manhattan Café Theatro, em Boa Viagem, onde ele apresentou o show de seu último CD/DVD, o Cabaret do Rossi. FONTE:Jornal do Comércio / O CARIRI

Postar um comentário