sábado, 21 de dezembro de 2013

TREINAMENTOS VIOLENTO A SEGURANÇAS ESPECIAIS :Sangue, suor e lama: chineses passam por treinamento violento para se tornarem seguranças especiais

Chen espera que as receitas anuais da Yongqing possam bater a cifra de R$ 40 milhões ( 16,5 milhões dólares americanos ) nos próximos cinco anos
O ex-soldado Chen Yongqing tem grandes ambições para a sua escola de formação de guarda-costas, cobrando de cada "protegido" R$ 196 mil ( 82,4 mil dólares ) por ano, ele está de olho nos ricos e famosos da China, que cada vez mais procuram reforçar a segurança. Mas para se formar na escola de Yongqing, os candidatos passam bons bocados, como é possível ver nas fotos a seguir (Texto com Reuters) Foto: Reuters
De acordo com Yongqing, a empresa — primeira academia profissional da China para treinar ex-soldados e outros como guarda-costas— está indo tão bem que ele está considerando entrar na bolsa de valores. "Quando começamos o nosso negócio, a maioria dos nossos clientes eram celebridades ", declarou Chen. "A maioria de nossos clientes já são empresários ricos. É tudo relacionado ao seu negócio, porque eu acho que os guarda-costas também são um símbolo de status. " Foto: Reuters
Na China, os novos ricos não são geralmente alvo de criminosos e sequestradores — como acontece em países como a Venezuela — mas a raiva está crescendo sobre o fosso crescente entre ricos e pobres. Houve incidentes isolados de pessoas que atacam carros de luxo. Por isso, o serviço de guarda-costas cresce a cada dia Foto: Reuters
De acordo com Yongqing, o treinamento pesado tem como objetivo preparar os novos guarda-costas para o pior que eles possam encontrar nas ruas chinesas. "Para que eles possam conseguir um emprego melhor", afirma Chen Foto: Reuters
Clientes de Chen certamente parecem feliz com os guarda-costas que sua empresa treina. Foto: Reuters
Um empresário, que pediu para ser identificado apenas pelo nome de família Zhang, disse que ele se aproximou de Chen depois que um amigo foi sequestrado e morto. Zhang agora emprega 18 seguranças de Yongqing FONTE:REUTERS/R7.COM

Postar um comentário