sábado, 4 de outubro de 2014

GANHOU MAIS NAO LEVOU :800 candidatos devem ficar com votação zerada

Quase 800 candidatos devem ficar com votação zerada Terra Na apuração das urnas no domingo, quase 800 candidatos devem aparecer com votação zerada. Segundo números do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 794 tiveram suas candidaturas rejeitadas pela Justiça Eleitoral, mas podem concorrer porque ainda aguardam recurso. Os votos de candidatos nesta situação incerta não são totalizados na apuração geral e apenas aparecem em uma tela específica do site do TSE. Somente após o julgamento dos recursos pendentes, caso haja mudança na situação, os votos são recalculados, o que pode gerar alteração na eleição e na composição das bancadas, no caso de parlamentares. A situação representa apenas 3,51% de todos registros de candidaturas julgados. Outros 332 (1,47%) foram autorizados a concorrer, mas ainda têm a candidatura questionada. Candidatos a deputados estaduais representam a maior fatia nesta situação: 470. Na sequência, aparecem os que tentam uma vaga na Câmara dos Deputados: 277. É o caso do deputado Paulo Maluf (PP-SP), que tenta a reeleição, mas foi impedido de concorrer pelo TSE com base na lei da Ficha Limpa. O tribunal ainda não julgou um recurso apresentado pelo parlamentar. Entre candidatos a governador, apenas três aparecem nesta situação: Marco Carrera, que concorre pelo Psol no Pará; Muvuca, candidato pelo PHS em Mato Grosso; e Perci Marrara, candidata do PCO no Distrito Federal. Entre candidatos a senador, oito devem aparecer com votos zerados em todo País. Os números ainda devem sofrer alterações, já que alguns dados ainda precisam ser atualizados por tribunais regionais. Liberado pelo TSE em 23 de setembro, o candidato ao Senado pelo DEM no Rio de Janeiro, Cesar Maia, ainda consta no sistema como “indeferido com recurso”. A assessoria do TSE informou que os votos serão totalizados, mas que, neste caso, o sistema não foi atualizado pelo tribunal local. TSE diz ter julgado 95% dos registros Segundo informou o TSE na manhã desta sexta-feira que estavam pendentes 634 processos sobre registros de candidaturas, sendo que 187 ainda nem haviam sido analisados. Ao todo, o TSE recebeu 1.766 processos de registro de candidatura, sendo que 1.579 receberam algum tipo de decisão. Desses, 447 ainda estão pendentes de recurs, caso de Maluf. O presidente do TSE, José Antonio Dias Toffoli, disse que os tribunais regionais votaram todos os processos, enquanto o TSE já concluiu 95% da carga. Ele admitiu, no entanto, que alguns casos podem ficar para depois das eleição. “Nós já votamos mais de 95% de todos os processos. Os TREs votaram todos. De tal forma que as candidaturas estão praticamente todas já decididas. Se houver algum rescaldo, isso é mínimo e ficará para a decisão em outubro”, disse. FONTE:GOOGLE NOTICIAS

Postar um comentário