sábado, 6 de junho de 2015

Número de mortos em naufrágio na China passa de 300

Segundo agência estatal, 331 morreram e 111 continuam desaparecidos.
Mais de 450 estavam a bordo no momento do acidente no Rio Yangtze.

 Vista aérea da equipe de resgate trabalhando para endireitar o navio de cruzeiro Estrela Oriental, que naufragou no rio Yangtze, na China (Foto: Reuters)

O número oficial de mortos no naufrágio de um navio de cruzeiro chinês no rio Yangtze, na província de Hubei, chegou a 331 às 8 horas da manhã de sábado (6, horário local), de acordo com a agência oficial de notícias do país, a Xinhua.

No momento do acidente, na noite de segunda-feira, havia 456 pessoas a bordo. Ainda segundo a Xinhua, 111 pessoas são consideradas desaparecidas. Apenas 14 foram resgatadas com vida, entre elas o comandante do “Estrela Oriental”.
Às 2h30 da madrugada, a agência havia informado que os mortos eram 154. O grande aumento em poucas horas aconteceu depois que o navio foi endireitado com o auxílio de guindastes e as equipes de resgate puderam entrar na embarcação. A medida só foi tomada na sexta porque antes as autoridades ainda consideravam possível a localização de mais sobreviventes.

Familiares das vítimas, que enfrentaram horas de viagem para chegar ao local do acidente e chegaram a entrar em conflito com policiais, continuam reclamando da falta de informações e da demora na identificação dos mortos. 
O cruzeiro do "Estrela Oriental" era considerado uma viagem de luxo para muitos chineses, e a maioria dos passageiros, na faixa dos 50 aos 80 anos, teria pago US$ 300 (cerca de R$ 950) por um cabine compartilhada da classe econômica.
fonte:g1.com
Postar um comentário